Basquete Feminino: Damiris pede dispensa da seleção brasileira alegando problemas físicos e pessoais

Basquete Feminino: Damiris pede dispensa da seleção brasileira alegando problemas físicos e pessoais

Ala-pivô, principal nome do basquete feminino, não vai disputar a AmeriCup
|

Um dos grandes destaques do time do Minnesota Lynx, da WNBA, a brasileira Damiris, pediu dispensa da seleção brasileira que vai disputar a AmeriCup (Copa América) alegando problemas físicos e pessoais.


O torneio será realizado de 11 a 19 de junho em San Juan, em Porto Rico, e classificará quatro equipes para evento pré-classificatório para a Copa do Mundo da Austrália, em 2022.


Damaris

Damiris em ação pela WNBA — Foto: Julio Aguilar/Getty Images


Com o desfalque do principal nome do basquete feminino brasileiro na atualidade, o técnico da seleção, José Neto, tem 16 atletas à disposição, das quais quatro serão cortadas antes da AmeriCup. A pivô Érika de Souza, do Castors Brainers, da Bélgica, é o grande destaque da delegação que vai a Porto Rico.


Veja quais atletas já foram convocadas para a AmeriCup


Armadoras

Débora Costa - Sampaio Basquete
Maria Paula Albiero - BYU-EUA
Alana Gonçalo – Ituano


Alas/Armadoras
Tainá Paixão - SESI Araraquara
Isabela Ramona - Monthana-BGR
Patty Teixeira - Ituano
Tássia Carcavalli - Vera Cruz Campinas


Alas
Thayná Silva - Sodiê Doces/Mesquista/LSB
Mariane Carvalho - SESI Araraquara
Rapha Monteiro - Quint dos Lombos-POR
Tati Pacheco - Vitória de Guimarães-POR


Alas/pivôs
Mariana Dias – Ituano


Pivôs
Nadia Colhado - Gernika-ESP
Clarissa dos Santos - Villeneuve-FRA
Kamilla Cardoso - Syracuse-EUA
Érika de Souza - Castors Brainers-BEL