Natação: Tribunal invalida ação da Unisanta e mantém Gabriel dos Santos nas Olimpíadas

Natação: Tribunal invalida ação da Unisanta e mantém Gabriel dos Santos nas Olimpíadas

O nadador está mantido na disputa dos 100m livre e do revezamento 4x100m livre
|

Por 5 votos a 2, os integrantes do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) decidiram, na tarde desta quinta-feira, pela invalidação da ação movida pelo clube Unisanta e pela manutenção de Gabriel dos Santos na delegação brasileira que vai ao Japão disputar as Olimpíadas.


O tribunal julgou como improcedente o mandado de garantia que a Unisanta impetrou para derrubar a validade de uma tomada de tempo feita pelo nadador durante a seletiva olímpica nacional, em abril. A informação é do site Bestswimming.


Um dos argumentos para derrubar a ação foi o de que a seletiva não foi um torneio entre clubes, mas sim um classificatório para definir os atletas que irão para os Jogos Olímpicos.


Whatsapp image 2021 04 24 at 19.56.51

Gabriel Santos comemora índice nos 100m livre — Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA


O caso


Gabriel conseguiu a vaga para os 100m livre e o revezamento 4x100m livre no último dia da seletiva, após uma tomada de tempo sozinho no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro. A oportunidade foi dada pela CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) porque o nadador havia sido nono colocado nas eliminatórias dos 100m, e o vencedor da distância, André Calvelo, acabou flagrado em exame antidoping.


Como o teste foi feito em 18 de março e a punição é retroativa, a CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) considerou que Calvelo não deveria ter nadado a prova. A Unisanta, equipe de Calvelo e de Felipe Ribeiro, que ficou em quinto lugar na final dos 100m livre e reivindica vaga nas Olimpíadas, contratou uma representação para anular a convocação de Gabriel e repassá-la a Ribeiro.