Cinco tenistas brasileiros classificados para os Jogos Paralímpicos de Tóquio

Cinco tenistas brasileiros classificados para os Jogos Paralímpicos de Tóquio

Única mulher com ingresso garantido sonha com a ida à competição desde 2011
|

880x400 noticia 60c0ae790f4a8 09 06 2021 09 05 13

Cinco atletas com ingressos garantidos. Foto: CBT


A Federação Internacional de Tênis (ITF) confirmou na última terça-feira, dia 9, a presença de cinco atletas brasileiros nos jogos da capital japonesa, realizados de 27 de agosto a 5 de setembro. Os tenistas foram classificados de acordo com o ranking das diferentes categorias.


Na categoria open masculino, disputadas por 56 tenistas, o Brasil será representado pelos mineiros Daniel Rodrigues (11º), Gustavo Carneiro (41º) e Rafael Medeiros (46º). Já na quad, o catarinense Ymanitu Silva, 10º do mundo, vestirá a camisa verde e amarela para competir entre 16 atletas. No open feminino, são 32 atletas e a mineira Meirycoll Duval, 28ª do ranking, irá jogar. Única mulher brasileira confirmada na modalidade, ela se emocionou com a conquista.


"Chorei muito quando soube. Esse é um sonho que sempre tive desde 2011, quando mal sabia pegar na raquete. Tive a felicidade de jogar o Parapan de Lima, mas o meu maior sonho era ir para uma Paralimpíada. Receber a classificação dizendo que estou indo por mérito, por dedicação a todo trabalho que foi feito, faz com que eu tenha mais motivação ainda para chegar lá e dar o meu melhor", vibrou Meirycoll Duval, em entrevista com a Confederação Brasileira de Tênis (CBT).


46970375014 023689972d o

Ymanitu Geon da Silva - Treino da Selecao Brasileira de Tenis em Cadeira de Rodas. Foto: Ale Cabral/CPB


Todos os cinco tenistas já receberam a primeira dose da vacina para Covid-19 e estão com a segunda dose prevista antes da viagem internacional, marcada para o dia 8 de agosto. A delegação fará a aclimatação em Hamamatsu antes de competir em Tóquio. Ymanitu Silva, finalista de duplas do Grand Slam de Roland Garros 2019 e quinto colocado no Rio 2016, relatou o que significa a ida para o Japão.


"Sou mais um classificado entre tantos outros atletas brasileiros a representar nosso país nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Viver essa experiência de uma paralimpíada novamente me mostra que estou no caminho certo. Foram cinco anos de preparação e investimentos, tanto no meu físico quanto em equipamentos como cadeira e raquetes, os profissionais que me cercam para esse treinamento me dão doses diárias de força e otimismo. E o que eu mais quero levar comigo é o carinho e a torcida de todos que vibram por mim. Até aqui, agradeço a todos que seguraram firme a minha mão", agradeceu Ymanitu Silva, em comunicado da CBT.