Tênis: Federer e Djokovic podem reeditar final em Wimbledon

Tênis: Federer e Djokovic podem reeditar final em Wimbledon

Sorteio da chave coloca o número um do mundo com caminho mais tranquilo
|

Na manha desta sexta-feira foi sorteada a chave principal de Wimbledon e colocou Novak Djokovic e Roger Federer em caminhos opostos. Finalistas da última edição do torneio em 2019, os dois poderão se reencontrar em uma possível decisão. Atual campeão, o sérvio, que busca o sexto título em Londres, conta com uma chave, na teoria, mais fácil, enquanto o suíço, dono de oito troféus, pode encontrar pedreiras pela frente.


Djokovic Federer

Foto: Laurence Griffiths


Buscando o sexto título, Djokovic estreia no Grand Slam contra o britânico Jack Draper (#250), de 19 anos. Na segunda rodada, deve encarar o sul-africano Kevin Anderson, vice-campeão de Wimbledon em 2018. Na sequência, pode ter Gael Monfis, e Andrey Rublev, o principal desafio estaria nas semis, quando pode enfrentar o grego Stefanos Tsitsipas (#4), com quem decidiu Roland Garros nessa temporada.


Já Federer, de 39 anos, começa sua caminhada contra o francês Adrian Mannarino (#42), que vem de boa campanha no ATP 250 de Mallorca. Logo depois, pode enfrentar Richard Gasquet. Nas quartas poderá vir uma dura partida contra o atual número 2, o russo Daniil Medvedev. Na semifinal seu provável adversário seria o alemão Alexander Zverev ou o italiano Matteo Berrettini.


Confira abaixo o chaveamento completo do torneio masculino de Wimbledon. Vale ressaltar que em 2020, a competição não foi realizada por conta da pandemia do novo Coronavírus.