Time de refugiados será composto por seis atletas de quatro países nos Jogos Paralímpicos

Time de refugiados será composto por seis atletas de quatro países nos Jogos Paralímpicos

IPC anunciou hoje os nomes dos atletas selecionados
|

Depois da estreia na Rio 2016, com apenas dois atletas, a equipe de refugiados vai contar, em Tóquio, com seis participantes de quatro países, que vão competir em quatro modalidades. 


O Comitê Paralímpico internacional (IPC) anunciou, nesta quarta-feira, os atletas convidados para participar do time de refugiados. Três são da Síria: Ibrahim Al Hussein (natação), Anas Al Khalifa (canoagem) e Alia Issa (atletismo), única mulher convocada. Também foram selecionados o afegão Abbas Karimi (natação), o iraniano Shahrad Nasajpour (atletismo) e o burundi Parfait Hakizimana (taekwondo).


Ipc

Time de refugiados das Paralimpíadas de Tóquio — Foto: IPC


- Estou muito satisfeito por todos os atletas que chegaram ao Time Paralímpico de Refugiados. Mostrando o melhor do espírito humano, eles serão uma equipe como nenhuma outra nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. Eles representarão com orgulho os 12 milhões de refugiados em todo o mundo com deficiência e mostrarão que todos têm potencial - disse Ileana Rodriguez, chefe de missão do time de refugiados e refugiada cubana que competiu pelos Estados Unidos em Londres 2012.


Cerca de 82 milhões de pessoas no mundo vivem com status de refugiados. Segundo o IPC, cerca de 12 milhões dessas pessoas vivem com algum tipo de deficiência.