Olimpíadas: Brasil vence Arábia Saudita e termina em primeiro no grupo D

Olimpíadas: Brasil vence Arábia Saudita e termina em primeiro no grupo D

​Com a vitória por 3x1 o time brasileiro enfrenta o Egito nas quartas de final
|

51341147774 7da6769c7c k

Foto: Lucas Figueiredo/CBF


A seleção brasileira masculina de futebol venceu a Arábia Saudita por 3x1 pelas Olimpíadas de Tóquio. Em duelo pelo Grupo D, em Saitama, Richarlison marcou os dois gols do título. Com a vitória o Brasil foi para 7 pontos, e a Costa do Marfim passou em segundo lugar após ficar em 1x1 com a Alemanha que está eliminada da competição.


Agora o Brasil enfrenta o Egito na nas quartas de final, o segundo colocado do grupo C, sábado, 7h. Em Saitama. 


51340458081 05f63f51bf k

Foto:Lucas Figueiredo/CBF


Sem Douglas Luiz, expulso no último jogo, portanto suspenso, Matheus Henrique foi titular no meio de campo. Fora isso, o mesmo time e esquema usado nos dois primeiros jogos do Brasil. Atuando no 4-4-2 com a dupla Richarlison e Matheus Cunha na frente e Claudinho aberto pela esquerda e Antony na direita.


O Brasil iniciou o jogo dominando a partida. Tendo a posse de bola e criando chances até abrir o placar com 14 minutos em escanteio batido por Claudinho e desvio de cabeça de Matheus Cunha. Nos minutos seguintes, o time do técnico André Jardine criou outras duas boas chances, em uma delas bola no travessão com Antony após cruzamento de Arana.


Só que o jogo não foi mudando e ficando mais complicado, a marcação saudita no meio da área impedia os ataques brasileiros por dentro, tanto que o Brasil criou as jogadas quase sempre em cruzamentos pelo lado do campo. E com o tempo os contra-ataques sauditas foram encaixando, com Saud pelo lado do campo jogando no 5-4-1 e com Salem no meio de campo Aos 26, a Arábia conseguiu o empate. Em jogada de bola aérea, o cruzamento foi feito na área e Al Amri empatou. O Brasil ainda teve mais algumas chances, na maioria delas pelo lado esquerdo do campo com cruzamento da área para alguém finalizar em gol.


51339735767 ccb6b6110f k

Foto: Lucas Figueiredo/CBF


No intervalo Antony deu lugar a Malcom, mas o jogo seguiu parecido. O time de Jardine que era melhor em campo, porém sem conseguir chegar com passes no meio da defesa, que fechada em linha de cinco dava pouco espaço, seguiu apostando nos ataques, agora com Dani Alves aparecendo mais pelo lado direito. Agora até com mais posse de bola, os sauditas tinham menos chegadas no ataque, mas seguiam defendendo bem.


A alternativa do Brasil seguiu a mesma, pelo alto. Dani Alves cobrou falta na área e após a defesa afastar, Bruno Guimarães ajeitou de cabeça para Richarlison completar em gol. De cabeça também ele tocou para o gol. No final foram outras duas boas chances brasileiras. Na primeira, Richarlison marcou mas teve o gol anulado por impedimento de Malcom que havia dado a assistência. Nos acréscimos, em uma jogada de toques rápido Reinier encontrou o Richarlison na segunda trave que agora apareceu para marcar e fechar o placar em 3x1.


51341244749 7ee0f92f98 k

Foto:Lucas Figueiredo/CBF