Léo Pereira é punido e desfalca o Flamengo na decisão da Libertadores

Léo Pereira é punido e desfalca o Flamengo na decisão da Libertadores

Expulsão na ida da semifinal contra o Barcelona tira zagueiro da final
|

Julgado pela Unidade Disciplinar da Conmebol, o zagueiro Léo Pereira, do Flamengo, foi punido com dois jogos de suspensão na Libertadores. O defensor foi expulso pelo árbitro uruguaio Andrés Cunha no duelo de ida da semifinal do torneio, contra o Barcelona de Guayaquil, após dar uma cotovelada em um jogador rival. De acordo com a súmula, o vermelho se deu pela prática de "conduta violenta" por parte do defensor. 


Foto: Marcelo Cortes/CRF

Foto: Marcelo Cortes/CRF


Por conta sentença da Conmebol, Léo será desfalque certo na final da Libertadores. O atleta cumpriu o primeiro jogo de gancho já contra o Barcelona, na partida de volta da fase semifinal. Logo, com a classificação do Flamengo, o zagueiro deverá cumprir o restante da pena na decisão contra o Palmeiras, no dia 27 de novembro.


Contudo, o prejuízo rubro-negro também será sentido nos cofres, já que o atleta foi multado em 4 mil dólares (aproximadamente R$ 22 mil). O dinheiro, de acordo com a Conmebol, será debitado automaticamente da quantia recebida pelo clube por direitos televisivos ou de patrocínio


A decisão já foi publicada no site oficial da confederação, que identificou o caso como uma infração do artigo 16 de seu código disciplinar, podendo suspender um agressor por duas partidas ou por um determinado período de tempo. Ademais, nenhuma das punições é passível de recurso.