Crespo não é mais técnico do São Paulo

Crespo não é mais técnico do São Paulo

Argentino deixa o clube com 57% de aproveitamento e o título do Paulista
|

Na tarde desta quarta-feira (13), o São Paulo divulgou uma nota informando o desligamento de Hernán Crespo do comando técnico da equipe. De acordo com o comunicado, a decisão foi tomada em comum acordo após uma reunião entre o treinador e a diretoria do clube. A passagem do argentino pelo Morumbi durou cerca de oito meses.


Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net


Crespo dirigiu o São Paulo em 53 partidas e teve 57,2% de aproveitamento, com 24 vitórias, 19 empates e 10 derrotas. O maior feito do treinador foi tirar o clube da fila de nove anos sem títulos graças a conquista do Campeonato Paulista, troféu que não era conquistado desde 2005. 


O comandante vinha sendo criticado pela campanha ruim do Tricolor no Campeonato Brasileiro, além das eliminações da Copa do Brasil e Libertadores. Atualmente, a sequência era de cinco jogos sem vencer no nacional, com três empates em 0 x 0 e outros dois em 1 x 1.


Junto com o ex-centroavante, também deixam o time o auxiliar técnico Juan Branda, os preparadores físicos Alejandro Kohan e Gustavo Sato, o preparador de goleiros Gustavo Nepote e o analista de desempenho Tobías Kohan.


O São Paulo também anunciou que abrirá um processo imediato de busca no mercado por um novo treinador, mas não foi informado quem comandará o grupo enquanto um técnico não for contratado. O mais provável é Marcos Vizolli, que treinou a equipe depois da saída de Fernando Diniz.


A próxima partida será já nesta quinta-feira (14), contra o Ceará, no Morumbi, pela 26ª rodada do Brasileirão.