Santos anuncia contratação de Ricardo Goulart

Santos anuncia contratação de Ricardo Goulart

Meia-atacante fechou por dois anos com o Alvinegro Praiano
|

Imagem

Foto: Divulgação/Santos FC


O Santos anunciou a chegada do seu novo camisa 10 para a temporada 2022. Nesta terça-feira (11), o clube confirmou a contratação de Ricardo Goulart, que estava livre no mercado após rescindir seu contrato com o Guangzhou FC, da China, no final do ano passado. Ele assinou com o Peixe depois ser aprovado nos exames médicos e firmou vínculo válido até o final de 2023.


Aos 30 anos, o meia-atacante retorna ao Brasil após uma curta passagem pelo Palmeiras em 2019, tendo se destacado mesmo entre 2013 e 2014, quando conquistou duas vezes o Brasileirão com a camisa do Cruzeiro e se firmou como um dos grandes nomes do futebol brasileiro naquela época.


Já de 2015 a 2018, o atleta marcou seu nome no futebol chinês e se tornou um dos estrangeiros mais vitoriosos da história do país, principalmente por seus feitos com a camisa do Guangzhou, que pagou cerca de 15 milhões de euros para o tirar do Cruzeiro no início de 2015 e teve um retorno esportivo enorme. 


Ao todo, o jogador vestiu as cores do Guangzhou em 174 oportunidades, marcou 110 gols e deu 54 assistências. Além disso, conquistou oito títulos, sendo eles três Superligas Chinesas (2015, 2016 e 2017), uma Copa da China (2016), três Supercopas da China (2016, 2017 e 2018) e uma AFC Champions League (2015).


Assim, o Palmeiras buscou sua contratação depois de praticamente cinco anos de China, mas quase não pôde contar com seu futebol, já que uma grave contusão o tirou dos gramados logo na 1ª rodada do Brasileirão de 2019, forçando seu retorno ao país mais populoso do mundo para realizar o tratamento sob os cuidados do clube ao qual pertencia.


Posteriormente, em 2020, o Guangzhou o emprestou ao Hebei para ganhar ritmo de jogo e retomar sua plena condição física. Portanto, depois de marcar quatro gols e dar cinco assitências em 18 jogos, Goulart voltou ao Guangzhou e defendeu o time em algumas partidas da Superliga de 2021 antes de rescindir seu contrato em novembro.


Ao site oficial do Santos, o agora camisa 10 alvinegro disse estar contente com a oportunidade de atuar pelo clube e de vestir o histórico número de Pelé. "Desde as primeiras conversas, fiquei muito feliz com o interesse desse Clube gigantesco. Conheço a história e estou muito feliz de vestir a camisa do Santos, principalmente sendo a 10, conhecida no mundo todo. Vou fazer de tudo para representar bem o número do Rei", expôs o meia-atacante.